Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2019

Minha caminhada para uma vida mais natural.

Foi ouvindo essa frase durante um curso sobre alimentação natural e desintoxicante, que um novo mundo despertou dentro de mim.  Toda alimentação livre de produtos industrializados e ultraprocessados, baseada em alimentos frescos e orgânicos pode ser considerada uma alimentação desintoxicante. Se os alimentos forem consumidos em sua maior parte crus e preparados de forma que seus nutrientes fiquem mais biodisponiveis para o nosso corpo, melhor ainda!  Seu corpo vai se encher de vida e alegria! Desde então venho caminhando em direção a uma vida mais leve, ouvindo mais o que o meu corpo tem a me dizer. Conecto- me comigo mesma e tento perceber o que ele precisa de verdade, o que ele está me pedindo! Fui aprendendo a combinar melhor os alimentos, os ingredientes e aos poucos fui me libertando da grande industria alimentícia. Hoje aqui em casa tudo na cozinha é feito, parcialmente, à moda antiga, já que hoje tenho a vantagem de ter aparelhos que me ajudam e facilitam tod

Espalhando Vida! *Bombas de Sementes*

Nessa Páscoa eu tive a idéia de propor que criássemos a nossa própria tradição familiar de Páscoa. Eu e o meu marido crescemos em famílias católicas e fomos criado na doutrina de Cristo, porém muitos questionamentos nos vinham a cabeça. Hoje em nossa família não temos ou seguimos uma religião específica, mas sim a espiritualidade do amor e do respeito à todas as crenças, pessoas e seres da natureza, e isso inclui a própria Natureza, que nos é fontes de vida. Vivemos no princípio de que todos somos parte da natureza e que "Deus"é a própria Natureza. Levamos conosco os ensinamentos de Cristo, assim como os de Buddah e das religiões pagãs antigas, que viviam em conexão com a Natureza. Escolhemos viver no propósito de fazer bem e nos colocar a serviço de construir um mundo melhor, mais justo e cheio de amor. Escolher viver a espiritualidade de acordo que os nossos princípios, mas não uma religião. Na Páscoa, este ano, celebramos a vida e o tempo e

Eu Sou!

Ainda estou em processo de recuperação após a saída do furacão e com isso decidi resgatar minhas meditações diárias que se perderam em alguma das voltas do furacão. Depois que as crianças foram para a escola, o marido para o trabalho, peguei um incenso referente ao chacra básico (preciso me enraizar novamente), uma vela branca e sentei-me em frente ao meu pequeno altar que tem a figura do Buddha no centro.  Montei o altar tendo como energia catalisadora os quatro elementos da natureza: o ar, o fogo, a água e a terra. Minha intuição me guiou a montá-lo desta forma e eu o fiz. Acredito que somos natureza e não apenas parte da natureza, mas a natureza em si.  Todos esses elementos que estão representados no meu altar dizem respeito não só a natureza externa, mas a cada um de nós, nós também somos formados pelos 4 elementos ar, fogo, água e terra. Sentei-me no meu cantinho de meditação, respirei profundamente e tentei me conectar com esse movimento de entrada e saída d

Por muitas vezes me senti paralisada.

Existem alguns padrões que se repetem constantemente em nossas vidas e muitas vezes não nos damos conta do porquê, de como lidar com eles, do que fazer para sair deles e do que é preciso para que eles parem de se repetir. Nas últimas duas semanas foi como se eu tivesse sido envolta por um furacão. Um furação que imundou minha cabeça de pensamentos, reflexões, me jogou para o alto do turbilhão tirando os meus pés do chão e me impedindo de me movimentar em qualquer direção que fosse. Não havia movimento aparente e eu me sentia paralisada com um monte de coisas gritando dentro da minha cabeça, mas sem conseguir fazer nada com elas. Não conseguia sair do lugar. Várias justificativas e explicações para o momento se passavam pela minha cabeça. "Será que é porque eu estou precisando de uma pausa?" Eu ainda não consegui construir uma rotina consistente de trabalho. Ainda tenho dificuldade de sentar e trabalhar estando em casa. tenho tentado me policiar qua