Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

9 Perguntas que sempre devemos nos fazer quando ficamos doentes

Ouvir o que o meu corpo tem a me dizer foi um dos principais aprendizados no meu processo de autoconhecimento e ainda ouso dizer que uma das ferramentas mais poderosas que temos em nossas mãos para irmos ao encontro de nós mesmas (os). Entendi que uma doença não deve ser vista apenas como um distúrbio do nosso bem-estar corporal, mas como uma forma de comunicação do nosso corpo, e também deve ser entendida como parte de todo o nosso contexto pessoal: corporal, mental, emocional, espiritual e também no que diz respeito ao contexto social.  Doenças devem, acima de tudo, serem vistas como indicadores de desenvolvimento, amadurecimento que foram inconscientemente trazidos de alguma área de nossa vida, para o nosso corpo em forma de sintoma. Para entender melhor o que nosso corpo quer nos dizer através de uma dor de cabeça, dor de garganta ou estômago, ou até mesmo uma febre é sempre importante investigarmos os sintomas mais de perto e com todo o carinho que merecemos, nos fazermo

O que eu posso fazer para que o seu dia seja melhor?

Primeiramente Feliz ANO TODO!!! Que seja um ano de muita paz, luz, crescimento e realizações. <3 Hoje li uma história que me realmente me emocionou e provocou um série de reflexões no meu coração. O título deste texto é " A história de como apenas uma frase ajudou a salvar o casamento" . E a conclusão que cheguei ao final da leitura foi que por muitas vezes nos perdemos em nossas verdades, nos fechamos em um mundo só nosso e esquecemos, que para além dessas verdades e dos muros do nosso mundo existem muitos outros mundos habitados por pessoas que nos são importantes. E para chegar a cada um desses outros mundos precisamos atravessar pontes e para isso precisamos estar de mãos vazias e corações abertos, quanto mais leveza houver na caminhada mais lindo e prazeroso será o encontro. Muitas vezes precisamos dar um passo para trás e para então recomeçar a caminhada.  Não sei por qual momento você está passando na sua vida, mas independente disso me diga: