Quer receber inspirações no seu Email?

Você quer ser avisado sempre que houver novidades por aqui?

* indicates required

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Quando comportamentos básicos viram luxo

fonte: https://pixabay.com
Não sei bem ao certo, se é pela correria do dia-a-dia ou se é porque nos esquecemos mesmo.
Só sei que nenhum dos dois fatos deveriam servir de justificativa para isso.

Dizer bom dia, boa tarde para qualquer pessoa que encontrássemos, deveria ser um hábito, sendo essa pessoa nossa conhecida ou não.

O caso é que muitas vezes, não cumprimentamos nem mesmos a as pessoas, que conhecemos e que encontramos no caminho.

Meu filho estava visitando uma outra escola. Estávamos pensando em trocá-lo de escola justamente por esse tipo de coisa. Essa outra escola parecia proporcionar um ambiente mais pessoal,  mais próximo e mais focado no desenvolvimento pessoal e individual, do que no coletivo.

Não sei se estou conseguindo me expressar de forma clara. Mas acreditamos, que para se ter uma sociedade saudável, ela precisa ser composta de indivíduos que confiem em si mesmos, que sejam seguros de quem realmente são, que tenham clareza da consequência de seus atos e saiba onde começa e termina o seu espaço. Somente pessoas que reconheçam o próprio lugar no mundo e saibam atuar e usar seu espaço de forma consciente, serão capazes de influenciar positivamente a sociedade em que vive.

A visita a outra escola durou 2 semanas. Meu marido levava nosso filho antes de para o trabalho e eu o buscava ao meio dia. O comportamento que observamos lá é realmente algo, infelizmente, incomum de se encontrar na maioria das escolas.

Meu marido chegou até a dizer uma vez, que aquela escola não era real, mas felizmente no bom sentido :-) Foi quando eu respondi, que era examente por isso, que é preciso que esse tipo de escola exista. É exatemente esse tipo de ambiente que precisamos reforçar e inspirar nossos filhos a construir. É exatamente desse tipo de ambiente e comportamento, que nosso sociedade vive tão carente e nossos filhos podem e devem ser agentes de transfomação. Por isso é tão importante mostrar não só para as crianças, mas também para os adultos, que é possível e não custa esforça nenhum de ninguém.

Toda essa reflexão partiu de um fato aparentemente simples e que não deveria causar admiracão em ninguém. Quando meu marido chegava para deixar nosso filho, havia uma pessoa na porta principal, que cumprimentava cada pessoa que entrasse com um aperto de mão, dizendo bom dia. Quando eu chegava para buscá-lo pude observar algumas vezes a saída da sala de aula. Ao contrário de uma criança sair correndo e caindo por cima da outra, as crianças eram esperadas na porta da sala pela professora, que se despedia de cada criança com um aperto de mão e desejava uma bom resto de dia.

São 2 fatos aparentemente simples, mas que fizeram e podem fazer muita diferença, não só no dia de quem chega ou sai desta escola, mas de qualquer pessoa.

Qual a pessoa, que não se sente melhor em ser recebido por um sorriso e com um cumprimento em qualquer lugar que seja.

Esse tipo de comportamento cada vez mais raro, vem fazem falta e toda a diferença no nosso dia-a-dia e na sociedade de forma geral.

Com certeza existem dias, que não estamos bem e não queremos sorrir, mas é exatamente nesses dias, em que mais precisamos de sorrisos, sendo eles nossos ou não. Outra coisa importante de se lembrar é que ninguém tem nada a ver com o seu mau dia e se você tratar as pessoas com mais carinho e respeito, com certeza tornará seu dia melhor.

Não quero com esse texto me isentar do fato de nem sempre cumprimentar ou até mesmo não escutar o que outra pessoas está falando. Também resgatando o ser coletivo, que existe em mim e para isso busco cada vez mais estar em paz e harmonia comigo mesma.


Com amor

Dani Avila


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Analitics

mailchimp